Segurança no setor aéreo

Apoio às pessoas impactadas por acidentes aéreos em debate

A cidade de São Paulo sediou, nos dias 15 e 16 de março, o congresso “Gerenciamento de Crise e Assistência aos familiares de Vítimas em Eventos Traumáticos”, realizado pela Abrapavaa (Associação Brasileira de Parentes e Amigos de Vítimas de Acidentes Aéreos). O time de Aviation da Inter esteve representado pelas executivas Abigail Milhorati e Mary Helen De Conti.

O encontro foi considerado um dos mais importantes relacionados à segurança aérea do país. Foi possível reunir executivos, empresas, instituições, agências e associações que atuam no setor aeronáutico para debates sobre pautas importantes, como o papel de cada agente na busca por um sistema aéreo cada vez mais seguro para as pessoas e sobre a transparência na informação de coberturas a passageiros e indenizações às famílias de vítimas. para restabelecer a ordem e dar continuidade nos negócios”.

O ministro de infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, discursou na abertura do congresso e apontou os caminhos para um melhor atendimento às famílias impactadas por acidentes aéreos. “Precisamos também aperfeiçoar as nossas normas e torná-las mais aderentes à regulação, à política internacional de assistência imediata a familiares vítimas de acidentes traumáticos”

Para Mary Helen De Conti, gerente de Aviation da Inter, a realização do congresso abordando um tema tão importante teve um saldo muito positivo. “Trazendo como tema central o apoio e atendimento as pessoas impactadas por acidentes, foi possível trocar experiências e falarmos sobre a necessidade de regulamentar os planos de atendimento às emergências em diversos setores. O evento superou as nossas expectativas”

Sandra Assali, fundadora da Abrapavaa, comemorou a realização do congresso. “O evento superou todas as expectativas e foi impactante por discutir essa questão que é sensível em todos os aspectos. As pessoas estavam mais à vontade para falar”

Mary Helen lembrou sobre a importância do seguro para os negócios. “Analisando os acidentes de grandes proporções, como rompimento da barragem de Brumadinho e alguns acidentes na aviação, fica evidente que o setor de seguros é primordial para restabelecer a ordem e dar continuidade nos negócios”. A Inter foi uma das patrocinadoras do congresso.

[activecampaign form=3 css=1]