O seguro de vida no cenário pós-pandemia

Seguro de Vida

O seguro de vida continua em alta no Brasil após a pandemia. Desde 2021, o volume de prêmios deste segmento registrou R$ 27.55 bilhões, o que representa uma alta de 15,32%.  O destaque, no entanto, é a modalidade do seguro de vida individual, que registrou crescimento de 17,4% no mesmo período. Já a modalidade coletiva (ou empresarial), teve queda de 8,7% entre 2019 e 2021. Os dados são da Superintendência de Seguros Privados, a Susep.

O crescimento da contratação do seguro individual se deu em função da urgente conscientização sobre o cenário de incertezas e inseguranças quanto a pandemia. As pessoas, preocupadas com o futuro financeiro, buscaram no mercado opções de contratações de forma individual que garantissem tranquilidade e segurança financeira para si e seus familiares.

E o que também chama atenção nesse crescimento é a mudança no perfil das pessoas interessadas no seguro de vida. Segundo a BB Seguros, conforme divulgou o portal Terra, a busca de jovens de 18 a 25 anos mais do que dobrou em 2021, com uma alta de 119%, além de um crescimento de 103% no número de contratos fechados com pessoas com idades entre 21 a 25 anos.

Já a queda do seguro empresarial se deve às demissões em massa que aconteceram em em diversas empresas – no Brasil e no mundo – como consequência da crise financeira que a pandemia causou. A expectativa, no entanto, é que este segmento acompanhe o crescimento da oferta de empregos no país. 

A importância do seguro

O melhor do seguro de vida, e que poucas pessoas têm conhecimento, é o fato de que ele também pode ser um excelente investimento na sua segurança financeira, proporcionando ao segurado benefícios ainda em vida Aline Motta, especialista em Benefícios, explica.

“Existem modalidades de contratação, cuja cobertura pode ser indenizada ao próprio titular da apólice, como a indenização por invalidez, diárias de incapacidade temporária, renda programada, despesa médica hospitalar e principalmente doenças graves, cujo valor da indenização será para suprir o tratamento de doenças estipuladas em contrato. Essas modalidades garantem que a sua reserva financeira será preservada para esses tipos de contratempos”.

Além disso, existem outras vantagens que o transformam num excelente instrumento para planejamento sucessório, isto é, o planejamento da transmissão dos bens para os futuros herdeiros.

A Inter conta com um time de especialistas capaz de te ajudar na contratação e personalização da melhor proposta de acordo com as reais necessidades de cada cliente.

[activecampaign form=16 css=1]